18/07/2018

7 maneiras de economizar com o seu casamento

Não é preciso desistir dos seu sonho; algumas ideias podem ajudar você a ter um dia
inesquecível sem gastar muito


Você esperou pelo grande dia de sua vida, mas descobriu que ter o casamento dos sonhos
custa caro? Calma, não é preciso desistir de se casar: você só precisa dizer “sim” para o
planejamento e para a economia.

No Brasil, eventos como casamentos são notadamente caros. Felizmente, existem maneiras de reduzir os custos, principalmente quando você e seu par se planejam para a ocasião e, de preferência, com pelo menos um ano de antecedência.
Descubra como é possível ter um casamento como você sempre quis, sem gastar muito
dinheiro e garantindo memórias que vão durar para sempre:

Escolha uma data pouco concorrida

Datas muito concorridas são mais caras para se casar, além de dificultar a reserva do local, do buffet, do celebrante e assim por diante.
Uma boa alternativa é evitar os fins de semana, principalmente à noite, as vésperas de feriado e o mês de maio, que é o mês das noivas. Procure realizar o seu casamento em uma terça-feira à noite, por exemplo, ou em um domingo pela manhã.

Ao pesquisar essas opções, você vai descobrir que muitos fornecedores conseguem oferecer um desconto na hora de fechar o negócio, pois essas reservas normalmente são pouco procuradas pelos casais.

Reduza sua lista de convidados

É claro que você deseja compartilhar o momento mais importante da sua vida com todos os
seus familiares, amigos, colegas do trabalho, vizinhos, colegas da faculdade, amigos de infância e outros. Porém, isso tem um custo, e é bem alto!
Prefira convidar poucos e bons convidados para fazer um mini wedding, ou seja, um
casamento íntimo, moderno e para até 150 pessoas.

Pense com carinho na sua lista de convidados e inclua somente pessoas com quem o casal tem intimidade e tem acompanhado a evolução desse relacionamento. Talvez algumas pessoas importantes tenham de ser deixadas de lado para economizar um pouco mais.

Peça ajuda para os convidados

A parte mais especial de realizar um casamento mais reservado é usar a intimidade que você tem com os convidados a favor desse momento de sua vida.

Você tem um amigo DJ? Peça para ele montar e comandar a playlist da sua festa. Sua avó
prepara um bolo delicioso? Ela vai adorar prepará-lo para o seu grande dia. O seu primo
acabou de fazer um curso de fotografia? Ofereça-se para ser modelo por um dia.
Além de tornar o seu casamento ainda mais significativo, as contribuições dos seus convidados ajudarão você a economizar um bom dinheiro.

Fuja da alta temporada na lua de mel

Seja para um destino nacional ou internacional, sempre evite viajar quando for alta
temporada, pois é quando as passagens, a estadia e os passeios ficam mais caros.
O ideal é pesquisar muito bem o local para o qual você e seu par pretendem viajar e ser flexível com o destino. 
Dependendo do custo e do seu sonho, talvez você possa explorar uma nova cidade ou postergar um pouco mais a lua de mel.
Além disso, faça as reservas com antecedência, pois essa é sempre uma forma inteligente e certeira de economizar nas viagens.

Não gaste demais no vestido de noiva

Colocar um vestido deslumbrante é o sonho de muitas noivas, mas, para se sentir linda e
estilosa no grande dia, você não precisa gastar tanto dinheiro realizando o primeiro aluguel do vestido ou fazendo uma compra de um estilista famoso, por exemplo.

Se você tiver pouco espaço para guardar e não pretender usar o vestido novamente, o ideal é realizar o aluguel da peça, e fugir da primeira vez. Experimente vestidos que já foram usados por outras noivas e que possam ser ajustados para ficar perfeitos no seu corpo, pois isso irá reduzir o valor do aluguel.

Outra opção é comprar um vestido de segunda mão em bom estado em brechós ou em sites de compra e venda de usados na internet. Depois de casar, você pode reformar ou tingir a peça para aproveitá-las em outras ocasiões.

Leia também: 
5 cerimônias diferentes para você aproveitar seu casamento 
Bodas de quê? Descubra o significado de cada ano do casamento

Use itens sazonais

Tanto para a decoração quanto para os comes e bebes, prefira usar flores, alimentos e bebidas acessíveis no período que será realizado o seu casamento. Isso irá baratear os custos com esses elementos.

Por exemplo, se você for casar no mês de agosto, que tal rechear o bolo com morangos ao
invés de frutas tropicais? Usar alimentos sazonais deixará os pratos servidos muito mais
frescos e deliciosos.

Já para as flores que serão usadas no buquê e na decoração, use aquelas que são sempre
acessíveis ou as que estejam florescendo. Isso também vai garantir que o visual ficará muito mais bonito no grande dia.

Faça um plano de previdência

Se você está em um relacionamento duradouro e pensa em se casar no futuro, ou se mesmo antes de se comprometer com outra pessoa já tem o casamento como um sonho a ser realizado, abra um plano de previdência privada para ser usado no médio prazo.
Se você economizar R$ 400 durante sete anos – o tempo médio que um casal leva entre o
namoro e o casamento –, você terá mais de R$ 40 mil acumulado para planejar o seu
casamento.
Esse valor é o suficiente para organizar um evento simples, mas, mesmo assim, inesquecível.
Caso você esteja pensando em algo grandioso, o dinheiro será uma boa ajuda para quitar as dívidas.
Abrir o seu plano de previdência é fácil e rápido e vai ajudar você a dizer o tão esperado “sim”como sempre sonhou.


Suzi Gomes
Suzi Gomes

Espero que tenham gostado do meu blog. Me segue nas redes sociais. Atensiosamente, Suzi Gomes

2 comentários:

  1. Particularmente não me vejo casada tão cedo hahahaha, mas é sempre bom já ir conferindo as dicas, vai que, né?!

    - Conheça meus blogs:
    Blog Meu Baú de Estrelas
    Blog Bilhetes de Busan

    ResponderExcluir
  2. Ameeeei as dicas :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, é muito importante ler sua opinião...
Caso queira resposta para seu comentário, marque a caixinha"notifique-me". Podem entrar em contato direto pelo formulário do blog que está no rodapé.
Obrigada pela visita, volte sempre!